Potencialize sua dicção

Melhorar a dicção é questão de treino. Todos podem aprimorar a fala.

Para que nas próximas apresentações você se saia melhor, procure prestar mais atenção na respiração, ela é a responsável pela produção da voz, e se não tiver seu controle, poderá ter sua apresentação prejudicada. A voz é o reflexo de sua personalidade e sentimentos. Se não estiver bem preparada, a voz, por meio de hesitações, pausas e velocidade alterada, poderá prejudicar seu discurso, demonstrando insegurança, nervosismo ou despreparo.

Articule as palavras de forma precisa, porém, pronuncie-as sem exageros.

Para facilitar a projeção da voz no ambiente e transparecer energia e clareza, possua um bom apoio respiratório, realize uma adequada abertura de boca, use as inflexões, olhe para o ambiente a quem se quer projetar a voz.

Fale olhando sempre para o público, focalizando pontos na platéia. Fixe seu olhar acima dos olhos ou no fundo da sala. Direcione sua voz ao ambiente sem precisar gritar;

A entonação provoca efeito sobre o ouvinte. Sustente a entonação no agudo quando não quiser ser interrompido, ao finalizar o pensamento diminua, mantendo um tom mais grave. As inflexões evitam interpretações ambíguas e torna o discurso envolvente; A ênfase da frase deve ser dada à palavra que seja considerada mais importante na mensagem, mas sem exageros.

Domine o assunto, se prepare teatralizando anteriormente. O domínio do assunto fortalece aautoconfiança e evita hesitação como os famosos “brancos”

O aquecimento vocal favorece o relaxamento dos músculos responsáveis pela voz e pela mímica facial transmitindo mais tranquilidade. Existem técnicas para realizar o aquecimento vocal, por exemplo, vibrar a língua e os lábios.

Existe uma distância e um posicionamento adequado para se falar ao microfone. Posicione-o na distância de um palmo a frente do queixo e transmita a mensagem em intensidade habitual.

Como eu sempre repito: treine, treine e treine. Tenho certeza, que conseguirá melhorar!

Deixe uma resposta